IronPython Parte I: Testando arquivos XML

Novembro 22, 2006 at 12:58 am Deixe um comentário

* Este post não tem a intenção de explicar o que é IronPython, Dynamic Languages e Iterative Development. Para isso, leia este post e siga os links.
Será necessário ter conhecimento da classe XmlDocument, seus métodos e atributos.

Começando esta série de dicas, um bem tranquila: testar arquivos XML.
No meu dia-a-dia, é muito comum a utilização de arquivos XML, como por exemplo o gerado pelo BizTalk 2006. Em algumas situação, preciso achar o path de uma determinada tag, ou testar alguns blocos de código com o arquivo gerado.

Para seguirmos o exemplo, crie um arquivo XML test.xml com o conteúdo abaixo, na pasta de instalação do IronPython:

<andrenobre>
<example name=”My Example of reading an XML File in IronPython” />
</andrenobre>

Agora temos que testar como resgatar as informações do XML (não se esqueça de ler as vantagens de Iterative Development e Dynamic Language):

Inicie o IronPython através do executável ipy.exe, localizado na pasta que você extraiu os arquivos do IronPython.
Agora, na linha de comando, vamos importar o módulo CLR, necessário para as classes .NET:

>>> import clr

Agora podemos utilizar a classe System.Xml para ler o documento XML criado. Antes disso, temos que adicionar uma referência ao assembly System.Xml.dll, desta maneira:

>>> clr.AddReference(“System.Xml”)

Vamos fazer agora uma espécie de “using” do C#, para facilitar a utilização da classe XmlDocument:

>>> from System.Xml import *

Como podemos interpretar, esta linha seria o semelhante a using System.Xml, do C#.

Agora vamos ler o arquivo XML.
Da mesma maneira que fazemos em .NET, devemos fazer em IronPython. Vamos criar um objeto da classe XmlDocument e carregar o arquivo criado:

>>> xml = XmlDocument()
>>> xml.Load(“test.xml”)

Agora temos o XML carregado e pronto para usarmos. Note que a sintaxe é extremamente semelhante ao modo que utilizamos em C#/VB.NET, o que facilita e muito o aprendizado.

Para ler algum valor, faça da mesma maneira que faria em C#/VB.NET. Por exemplo:

>>> xml.ChildNodes[0].FirstChild.Attributes[“name”].Value

Esta dica extremamente simples serve para percebermos como o IronPython pode ser trabalhado de forma simples e rápida, e muito parecido com C#/VB.NET. Não se esqueça que IronPython / Python podem utilizar formas muito mais complexas, usufruindo de orientação a objetos, etc. O objetivo de minhas dicas é fornecer uma visão da maneira que eu utilizo, de forma rápida e prática, apenas auxiliando o desenvolvimento em outra ferramenta.

Espero que esta primeira dica tenha sido útil!

Até a próxima!

Anúncios

Entry filed under: .NET.

IronPython I´m Windows Vista Ready!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Calendário

Novembro 2006
S T Q Q S S D
    Dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Most Recent Posts


%d bloggers like this: